Como estudar?

  Querido aluno, li este texto na internet e achei bastante interessante. 
  Espero que goste e aproveite.

  Kisses,
  Tetê

Como estudar? Orientações gerais para melhorar o rendimento na escola

 

  • “Lembremos a recomendação de Bacon ao leitor: ‘Leia, não para contradizer ou refutar, nem para acreditar ou aceitar como verdade indiscutível, nem para ter assunto para conversa e discurso, mas para pesar e considerar’”. (ADLER; DOREN. 1990)

 

E o que se entende por estudo?

1. Estudar é realizar experiências submetidas à análise crítica e à reflexão com o objetivo de apreender informações que sejam úteis à resolução de problemas.

2. Estudo é a aplicação zelosa do espírito para aprender; aplicar a inteligência para apreender; dedicar-se a compreensão de fatos, fenômenos, seres, ações.

Quais são os Componentes do Ato de Estudar?

1. Organização de trabalhos

2. Busca de informações

3. Anotações

4. Leitura

5. Elaboração de resumos

6. Memorização

7. Exame sistemático

8. Análise

9. Reflexão

10. Avaliação

11. Aplicação dos conteúdos aprendidos

De que formas pode se desenvolver a experiência do Estudo?

– O Estudo é fruto da experiência direta ou indireta, ou seja:

1. Direta – É aquela na qual o indivíduo participa.

2. Indireta – Ocorre a partir da observação de filmes, mapas, fotografias, da leitura de relatórios, da participação em congressos, colóquios, conferências.

Quais elementos e/ou práticas auxiliam o Estudo?

– O rendimento nos estudos está ligado a:

1. Organização;

2. Assiduidade;

3. Adequação do ambiente;

4. Utilização de técnicas de leitura;

5. Utilização de recursos culturais que enriqueçam a prática de estudo;

6. Motivação.

Que caminhos o estudante deve trilhar para obter melhores resultados?

1- O resultado do processo de ensino-aprendizagem depende fundamentalmente do próprio estudante.

2- O estudante deve incorporar postura de autoatividade didática.

3- Os estudantes devem ter sempre ao seu alcance os instrumentos necessários para a sua aprendizagem.

4- Os materiais do curso devem ser usados e explorados à exaustão.

5- As informações dadas nos cursos são obtidas a partir de:

a) Anotações nas aulas;

b) Bibliografia do curso;

c) Materiais de apoio – filmes, dicionários especializados, revistas científicas, textos da internet, publicações setorizadas,…

d) Participação em congressos, seminários, feiras, colóquios,…

6- Todos os materiais lidos ou pesquisados têm que ser referenciados pelos alunos a partir de anotações feitas de próprio punho.

7- Os estudantes têm que, necessariamente, organizar-se para os estudos. Isso implica em:

a) Definir horários para estudo;

b) Escolher locais adequados para essas atividades;

c) Desligar-se de outros compromissos/ações;

d) Escalonar as leituras.

Anotar é imprescindível…

1. É o processo de seleção de informações para posterior aproveitamento.

2. Anotações podem [e devem] ser feitas a partir das informações obtidas em aulas, palestras, leituras, filmes assistidos.

3. Antes de qualquer anotação é necessário que se faça uma leitura atenta do texto e que sejam grifadas as principais ideias.

4. Devem ser feitos registros relativos à fonte das informações:- autor das ideias, data da coleta, local, editora, título da obra, ano de publicação, páginas consultadas,…

Ao fazer anotações…

1- Ao realizar a primeira leitura não se preocupe em grifar ou destacar trechos.

2- Releia o texto destacando as palavras desconhecidas e buscando o significado destas em dicionários.

3- Contextualize a leitura procurando informações relevantes para a compreensão do texto como as históricas, sociológicas, biográficas, geográficas,…

4- Preocupe-se em destacar as palavras-chave somente após a compreensão do texto.

5- Há três tipos diferentes de anotações, são elas: Esquemáticas, Corridas e Resumidas.

Não se esqueça de Destacar as principais ideias

1. Esta prática facilita a releitura dos textos.

2. Não deve, porém, ser feita durante a primeira leitura.

3. Para facilitar esse trabalho divida o texto em blocos, verifique a articulação entre estes blocos e, depois, esquematize as ideias.

4. Exercício importante para a compreensão do texto consiste em tentar reescrevê-lo tendo por base apenas os termos sublinhados.

A realização destas práticas facilita bastante o aprendizado, mas a garantia de qualquer melhora sensível depende essencialmente de desprendimento, dedicação, objetivos claros e compreensão por parte do estudante quanto à importância e o valor do estudo para sua vida.

Por João Luís de Almeida Machado

Membro da Academia Caçapavense de Letras 

Como estudar? Orientações gerais para melhorar o rendimento na escola

 

 

  • “Lembremos a recomendação de Bacon ao leitor: ‘Leia, não para contradizer ou refutar, nem para acreditar ou aceitar como verdade indiscutível, nem para ter assunto para conversa e discurso, mas para pesar e considerar’”. (ADLER; DOREN. 1990)

 

E o que se entende por estudo?

 

1. Estudar é realizar experiências submetidas à análise crítica e à reflexão com o objetivo de apreender informações que sejam úteis à resolução de problemas.

 

2. Estudo é a aplicação zelosa do espírito para aprender; aplicar a inteligência para apreender; dedicar-se a compreensão de fatos, fenômenos, seres, ações.

 

 

Quais são os Componentes do Ato de Estudar?

 

1. Organização de trabalhos

2. Busca de informações

3. Anotações

4. Leitura

5. Elaboração de resumos

6. Memorização

7. Exame sistemático

8. Análise

9. Reflexão

10. Avaliação

11. Aplicação dos conteúdos aprendidos

 

 

De que formas pode se desenvolver a experiência do Estudo?

 

– O Estudo é fruto da experiência direta ou indireta, ou seja:

 

1. Direta – É aquela na qual o indivíduo participa.

 

2. Indireta – Ocorre a partir da observação de filmes, mapas, fotografias, da leitura de relatórios, da participação em congressos, colóquios, conferências.

 

 

Quais elementos e/ou práticas auxiliam o Estudo?

 

– O rendimento nos estudos está ligado a:

 

1. Organização;

2. Assiduidade;

3. Adequação do ambiente;

4. Utilização de técnicas de leitura;

5. Utilização de recursos culturais que enriqueçam a prática de estudo;

6. Motivação.

 

 

Que caminhos o estudante deve trilhar para obter melhores resultados?

 

1- O resultado do processo de ensino-aprendizagem depende fundamentalmente do próprio estudante.

 

2- O estudante deve incorporar postura de autoatividade didática.

 

3- Os estudantes devem ter sempre ao seu alcance os instrumentos necessários para a sua aprendizagem.

 

4- Os materiais do curso devem ser usados e explorados à exaustão.

 

5- As informações dadas nos cursos são obtidas a partir de:

a) Anotações nas aulas;

b) Bibliografia do curso;

c) Materiais de apoio – filmes, dicionários especializados, revistas científicas, textos da internet, publicações setorizadas,…

d) Participação em congressos, seminários, feiras, colóquios,…

 

6- Todos os materiais lidos ou pesquisados têm que ser referenciados pelos alunos a partir de anotações feitas de próprio punho.

 

7- Os estudantes têm que, necessariamente, organizar-se para os estudos. Isso implica em:

a) Definir horários para estudo;

b) Escolher locais adequados para essas atividades;

c) Desligar-se de outros compromissos/ações;

d) Escalonar as leituras.

 

 

Anotar é imprescindível…

 

1. É o processo de seleção de informações para posterior aproveitamento.

 

2. Anotações podem [e devem] ser feitas a partir das informações obtidas em aulas, palestras, leituras, filmes assistidos.

 

3. Antes de qualquer anotação é necessário que se faça uma leitura atenta do texto e que sejam grifadas as principais ideias.

 

4. Devem ser feitos registros relativos à fonte das informações:- autor das ideias, data da coleta, local, editora, título da obra, ano de publicação, páginas consultadas,…

 

 

Ao fazer anotações…

 

1- Ao realizar a primeira leitura não se preocupe em grifar ou destacar trechos.

 

2- Releia o texto destacando as palavras desconhecidas e buscando o significado destas em dicionários.

 

3- Contextualize a leitura procurando informações relevantes para a compreensão do texto como as históricas, sociológicas, biográficas, geográficas,…

 

4- Preocupe-se em destacar as palavras-chave somente após a compreensão do texto.

 

5- Há três tipos diferentes de anotações, são elas: Esquemáticas, Corridas e Resumidas.

 

 

Não se esqueça de Destacar as principais ideias

 

1. Esta prática facilita a releitura dos textos.

 

2. Não deve, porém, ser feita durante a primeira leitura.

 

3. Para facilitar esse trabalho divida o texto em blocos, verifique a articulação entre estes blocos e, depois, esquematize as ideias.

 

4. Exercício importante para a compreensão do texto consiste em tentar reescrevê-lo tendo por base apenas os termos sublinhados.

 

 

A realização destas práticas facilita bastante o aprendizado, mas a garantia de qualquer melhora sensível depende essencialmente de desprendimento, dedicação, objetivos claros e compreensão por parte do estudante quanto à importância e o valor do estudo para sua vida.

 

Por João Luís de Almeida Machado

Membro da Academia Caçapavense de Letras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: